segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O medo de arriscar!


A maioria das pessoas que pensam em abrir o seu próprio negócio, apenas se ficam pelo pensamento e pelos sonhos. Sonham, idealizam tudo, até a decoração, mas certo dia decidem não arriscar. Isso deve-se em grande parte ao medo!
Eu também tenho medo, mas não lhe dou muita importância. É o que quero e ponto final.
Estive duas vezes desempregada e arrependi-me de não tê-lo feito na primeira vez. Mas na primeira vez, apenas queria abrir um negócio. E como apenas queria, ficou em águas de bacalhau. Na segunda vez, e também pela experiência que obtive no meu seguinte emprego, fui firme. Disse, sonhei e idealizei mesmo antes de estar inscrita no IEFP. Pensei: "Desta vez não vou desistir".
Desta vez, a idade era outra, e com ela veio a maturidade, o conhecimento pela área e o desejo de ser empreendedora. Desta vez, não iria desistir!
Vejo muitas pessoas com esse desejo, mas que acabam por desistir. Será que têm apenas medo ou será que ainda não estão preparadas para o que um negócio acarreta?
Um dia, uma amiga perguntou-me: "Estás confiante no teu negócio?" E eu respondi que sim, que tinha tanta confiança que até tinha medo. O medo outra vez!
O medo está cá para qualquer pessoa que vai arriscar num negócio. Se não der certo, vão existir muitas dividas e problemas por resolver. Mas as dividas pagam-se e os problemas resolvem-se, não quero é viver uma vida a trabalhar para outros sem nunca ter tentado.

O medo, colocamos numa gaveta e fechamos a sete chaves. O medo não nos pode acompanhar em momento algum. Temos e devemos de acreditar no nosso projeto. Dar o melhor, sermos criativos, oferecer um serviço/produto com qualidade e procurar a diferença.
Abrir um negócio, pelo qual nos apaixonamos. Temos de amar loucamente o que fazemos. Temos que fazer mais do que qualquer um e melhor do que todos.
Quando abrir a porta do meu negócio (espero ainda esta semana), vou enterrar o medo. Não quero ter medo, não quero ser dominada por ele e nunca mais quero ouvir falar em medo.
Rastaparta o medo!!!

3 comentários:

  1. Muito bom, mas por um lado, ainda bem que há medo, quer dizer que estamos a ir mais além, a sair da nossa zona de conforto, que é normalmente, o sítio onde os sonhos acontecem! Viver sem sentir medo, não é viver. Boa sorte com a inauguração :)

    ResponderEliminar
  2. Sentir medo mas não permitir que ele nos domine, porque sim, o medo está sempre lá. Obrigada linda.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá Catarina

    Boa sorte para a aventura.
    O medo é bom, pois obriga-nos a planear mais.

    Empreender tem os seus desafios :-)
    Votos de sucesso

    ResponderEliminar