terça-feira, 2 de abril de 2013

Doente faltoso paga consulta!

Acho muito bem!
Quantas e quantas consultas ficam sem efeito porque o utente não apareceu e nem avisou?
Quando marco consultas com a minha médica de família  tenho que aguardar cerca de 3 a 4 semanas por uma vaga. Como não tenho possibilidades económicas para ir a um médico no privado, é óbvio que tenho que me sujeitar à lista de espera. E eu espero e aguardo tranquilamente pela minha vez.
Esta regra não seria necessária, se os utentes desmarcassem atempadamente a sua consulta. Isso era o que deveria ser feito! Se assim fosse não seria necessário impor regras básicas de civismo. Mas o engraçado (ou não) é que no privado, com consultas acima dos 75,00€ as pessoas telefonam a cancelar ou a remarcar (têm medo de ficar mal vistas), e no SNS, com consultas a 5,00€, não!
Como já devem ter visto, a reacção a esta regra não foi boa, para variar. O povo reclama por tudo e por nada. O sentimento de pertença é tão grande que um milhão de pessoas por ano, marcam as suas consultas, não aparecem e nem dão satisfações a ninguém. 
Acho que a consideração por aquilo que é nosso, e pelos outros é pouca ou nenhuma, pois se o utente tem o direito à saúde também tem o dever de respeitar os direitos dos outros utentes, e  esse milhão por ano, não tem respeito nem pelo sistema de saúde nem pelos outros utentes! Lamentavelmente...
Mais aqui!

Sem comentários:

Enviar um comentário